O romancista manipulador

Ian McEwan e Jennifer Egan

Ian McEwan e Jennifer Egan na Flip 2012

por Chico Bicudo*

Aguardei com expectativa a mesa “Pelos olhos dos outros”, que reuniu, na edição de 2012 da FLIP, dois dos mais importantes autores em língua inglesa de nosso tempo – Ian McEwan e Jennifer Egan. Valeu a pena. Porque o que se viu no palco foi um diálogo instigante sobre processos criativos, além de reflexões a respeito da importância do romance em tempos de redes sociais. Também discutiram o recurso de marcar narrativas com viradas repentinas  –  que os dois usam com frequência. “Pensem que estamos pescando trutas. Quando conseguimos segurá-las, fazemos cócegas nas guelras delas, quando  entram numa espécie de transe, e a pesca se concretiza. É uma analogia possível para a relação que estabeleço com meus leitores”, ilustrou Ian. Para Jennifer, todo bom romancista é um manipulador. “Você vai conduzindo o leitor pela mão. A questão é: com que objetivo? Se for para oferecer uma surpresa fantástica ao final, é aceitável. Desejável. Surpresas são maravilhosas. Eu as adoro”. Eu também.

*Chico teve seu texto selecionado a partir da ação que iniciamos em nosso Facebook, no dia 28 de maio. A ideia era que os interessados enviassem relatos da melhor discussão literária que já presenciaram na Flip. Os outros textos escolhidos serão publicados no blog ao longo do mês.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: