FlipMais | O Brasil é o país do haikai

Forma fixa japonesa é a mais praticada hoje no país, diz Adriana Calcanhotto, em mesa da FlipMais em que debateu com o poeta marginal Charles Peixoto

Charles Peixoto e Adriana Calcanhotto participaram de mesa da FlipMais nesta quinta-feira (31) / Foto: Walter Craveiro

Charles Peixoto e Adriana Calcanhotto participaram de mesa da FlipMais nesta quinta-feira (31) / Foto: André Conti

A longa linha poética que vai do escritor japonês Bashô ao grupo Nuvem Cigana no Rio de Janeiro dos anos 70, passando por Oswald de Andrade, envolve o gosto pelo instantâneo, o tempo para a contemplação e a prática da oralidade. O eixo que conduz essa linha é o haikai.

Na mesa “Versos de risco: do hai-kai à poesia marginal”, a cantora, compositora e ilustradora Adriana Calcanhotto e o poeta marginal Charles Peixoto revelaram o vínculo entre a forma do haikai e a poesia marginal. Como membro do grupo Nuvem Cigana, Peixoto foi um dos principais nomes da poesia marginal nos anos 1970, regada a álcool e alucinógenos. Para Calcanhotto, o estado de consciência alterado é semelhante ao abandono do ego que, segundo Bashô, criador do haikai no Japão, era necessário para compor a poesia.

Forma fixa japonesa amplamente adotada no Brasil, desde Monteiro Lobato e Oswald de Andrade, o haikai foi praticado por autores tão díspares como Guilherme de Almeida e Paulo Leminski, Manuel Bandeira e Millôr Fernandes, Carlos Drummond de Andrade e Erico Veríssimo – este último, mais conhecido pela prosa.

Segundo Calcanhotto, o haikai é atualmente a forma fixa mais praticada na poesia brasileira, superando o uso do soneto ao longo do século 19. “Os modernistas, os concretistas e os marginais se interessaram por aspectos diferentes do haikai”, diz a cantora, que também assina as ilustrações da antologia. Ela está publicando na Flip o livro Haikai do Brasil, pela editora Edições de Janeiro. Já Peixoto lançou Supertrampo (Editora 7Letras), sua obra reunida.

(Diego Viana)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: